Coletivo

Cardinal Seis

Integrantes

WhatsApp Image 2020-06-27 at 16.29.00.jp

Aguida Aguiar é atriz e cursa artes cênicas na Escola de Arte Dramática da Universidade de São Paulo. Em agosto de 2015 participou da “O Corpo em Movimento”, orientada por Renata Melo na SP Escola de Teatro. Em novembro do mesmo ano, participou da oficina "Composição cênica coletiva", ministrada por Fabiano Lodi, Bruno Gravanic e o Grupo 59 na Oficina Cultural Oswald de Andrade. Em Janeiro de 2016, participou da oficina "Exercícios da contracena", coordenada por Georgette Fadel no Sesc Belenzinho" Em julho de 2017, participou da Oficina “Afrobrasilidades e o Palco”, ministrada por Lázaro Ramos e Kiko Mascarenhas em parceria com Desenvolvimento e Acompanhamento Artístico e Globo/RJ. No teatro, atuou em "Síntese - Gota D'água” com texto de Chico Buarque de Hollanda e Paulo Pontes , “Clara cor de um silêncio azul”, “Refugo”, “Peter em Fúria”, “Celofane” e “Do Ensaio Para o Baile”.

  • Instagram

Camilla Martinez é graduada em Artes Cênicas pela Faculdade Célia Helena, em 2011 realizou o curso Acting on Impulse na instituição Volkshochschule (Escola do Povo) em Frankfurt. Atriz e Diretora de Arte, tem seu trabalho voltado para teatro de grupo independente. Entre 2014 a 2016 fez parte do Grupo Redimunho de Investigação Teatral, onde em 2015 atuou no espetáculo “Tareias”. Entre 2011 a 2013, atuou no espetáculo “Barafonda: Ao coro Retornarás” com a Cia São Jorge de Variedades, indicado ao prêmio Shell de melhor Espetáculo e Dramaturgia. Em 2012 esteve em cartaz com a peça “Toda Nudez Será Castigada” Direção: Lúcia Veríssimo e entre outras peças que participou no decorrer de sua carreira desde 2006.

  • Instagram
WhatsApp%20Image%202020-06-29%20at%2018.
WhatsApp Image 2020-06-25 at 17.15.17 (1

Edson Duavy é ator, diretor, comediante, roteirista, dramaturgo, entre outras linguagens cênicas. Cursou Artes Cênicas/licenciatura na UNB. Formou-se em Mímica Total no Estúdio Luis Louis. Mais de 30 espetáculos como ator, com companhias como Cia os Melhores do Mundo (DF) e Cia Barbixas (SP). Escreveu/criou e dirigiu 20 espetáculos, alguns com orientação de Júlio Maciel e Chico Pelúcio (Grupo Galpão - BH), Chico Medeiros (São Paulo), Mameh Farah (Companhia Hiato - SP) e Luis Louis (SP). Prêmio de melhor ator em ‘SESC esquete Show’ (DF) e no Festival de Teatro de Americana. Circulou pelo SESC Palco Giratório com Presépio de Hilaridades Humanas. Reinaugura o Teatro Nacional de Luanda (Angola) com o espetáculo PETARDO. Dirige em Angola os espetáculos GOTA D'ÁGUA e A FESTA a convite do Ministério da Cultura de Angola. Integrante do Coletivo de Comediantes Negros, COISA DE PRETO (São Paulo). É integrante do Núcleo de Teatro Fisico em São Paulo.

  • Instagram

Gustavo Soesi é ator formado pela Escola Incenna e bacharel em Comunicação Social com habilitação em Rádio e TV pela UNISA. No teatro atuou nas peças “AçãoGeração” (2010), “Natal de Esquina” (2010), “A Aurora da Minha Vida” (2011), “Ensaio Sobre a Gravata” (2012), “A Comédia dos Erros” (2012) e “Aborrecentes Pertinentes" (2018). Na TV participou de um episódio de “Chamado Central” do Multishow (2017) e co-apresentou o Programa Integrados no Canal Universitário (2015). Atuou no curta metragem "Al Sugo" (2018), "Em Si" (2018) e em séries universitárias, o drama “Me tire daqui” (2017) e a sitcom “Engraçada Vida” da qual também produziu e roteirizou (2016). Foi o Nito no canal infantil do Youtube Turma Tina e Tati (2014) e fez a voz original do “Velinho” no curta-metragem em animação “Um Tempo Só” (2019), filme vencedor do Kikito de Ouro no Festival de Cinema de Gramado.

  • Instagram

Juliana Yurk é atriz  formada pelo Colégio Estadual do Paraná, graduada em Publicidade e Propaganda pela UTPR e Pós-graduada em Cinema pela FAP, é também diretora de cena, roteirista, editora de vídeos, atua no mercado audiovisual na produção de vídeos institucionais, políticos, corporativos e/ou publicitários, videoclipes e webséries, ganhou prêmio de melhor direção por videoclipes e melhor direção de fotografia por um curta metragem autoral. Aluna do curso do método Meisner ministrado por Luciana Canton desde 2017 e do Curso Atuação para Cinema. Ministra workshops para crianças como "Minha estréia no Cinema". Criadora de conteúdos voltados á questões de representatividade feminina, trabalha junto a roteiristas defendendo  personagens femininos e outras histórias. Atuou no curta metragem "O peso do ser" (2020), ainda em fase de pós produção. 

  • Instagram
Screen Shot 2020-06-27 at 00.50.49.png
Screen Shot 2020-06-21 at 00.36.48.png
Screen Shot 2020-06-27 at 01.25.54.png

DIREÇÃO
Luciana Canton é atriz formada na técnica Meisner pelo New York Conservatory for Dramatic Arts, cineasta com graduação e mestrado pela Universidade de São Paulo e doutora em Pedagogia do Teatro pela mesma universidade.  É diretora de “Intimidade Pública”(2016), filme vencedor de 11 prêmios ao redor do mundo, sendo oito de melhor longa metragem em festivais do Canadá, Itália, Russia, Estados Unidos, Australia e Espanha, e do prêmio de melhor direção de longa metragem no Los Angeles Diversity Film Festival, nos Estados Unidos. Luciana já lecionou no Audiovisual da USP, na EAD- Escola de Arte Dramática da USP, na East 15th Acting School na Universidade de Essex,  Inglaterra e na Escola Livre de Cinema e Vídeo. Recentemente, dirigiu os espetáculos “Pagu: onde começa a voz”  e "Machomachine".

  • Instagram

Tatiane Trujillo é atriz e arte educadora licenciada pela UNESP/IA. Como artista da dança, teve uma formação independente, suas/seus principais professoras/es foram: Umberto da Silva, Dudude, Nita Little, Diogo Granato, Lu Favoretto e Denise Namura.  É dançarina de contato improvisação há 10 anos. Participou da “Conferência dançada” junto à cia Fleur de Peau em 2015 e no mesmo ano, foi artista residente do projeto Expedição de Dança, no Piaui, onde apresentou um fragmento do solo, Eu Amarilis, no Museu do Homem Americano. Como atriz, integrou o núcleo “Guerras Desconhecidas” da Cia do Feijão, ficando em cartaz no teatro da companhia com o espetáculo “Guerreadas” (2014/2015). Atuou no curta-metragem “Alarme”, no Centro de Audiovisual, em São Bernardo do Campo (2016). É professora de corpo e diretora de movimento na Escola Contemporânea de Artes. Desde 2018 estuda a técnica Meisner com Luciana Canton e, dirigida por ela, atua na montagem de “Pagu - onde começa a voz” com o coletivo Cardinal Seis.

  • Instagram
WhatsApp Image 2020-07-03 at 17.21.46.jp
Siga-nos

Atelier Cênico

  • Instagram
  • Facebook

Cardinal Seis

  • Instagram
  • YouTube

Atelier Cênico Produções Ltda ME - CNPJ 58091364/0001-04

 Rua Fortunato, 241, Vila Buarque, São Paulo - SP CEP 01224-030